O Dardo de Kushiel - Jacqueline Carey





Título Original: Kushiel’s Dart

Editora: Saída de Emergência

Páginas: 400

Classificação: 5/5







Sinopse
Terre d’Ange é um lugar de beleza sem igual. Diz-se que os anjos deram com a terra e a acharam boa…e que a raça resultante do amor entre anjos e humanos se rege por uma simples regra: ama à tua vontade. Phèdre é uma jovem nascida com uma marca escarlate no olho esquerdo. Vendida para a servidão em criança, é comprada por Delaunay, um fidalgo com uma missão muito especial…Foi, também ele, o primeiro a reconhecê-la como a eleita de Kushiel, para toda a vida experimentar a dor e o prazer como uma coisa só. Phèdre é adestrada nas artes palacianas e de alcova, mas, acima de tudo, na habilidade de observar, recordar e analisar. Espia talentosa e cortesã irresistível, Phèdre tropeça numa trama que ameaça os próprios alicerces da sua pátria. A traição põe-na no caminho; o amor e a honra instigam-na a ir mais longe. Mas a crueldade do destino leva-a ao limite do desespero..e para além dele. Amiga odiosa, inimiga amorosa, assassina bem-amada; todas elas podem usar a mesma máscara reluzente neste mundo, e Phèdre apenas terá uma oportunidade de salvar tudo o que lhe é mais querido.


Opinião
Este livro foi a minha estreia em leituras conjuntas. Esta leitura conjunta tem origem no fórum Bang da Saída de Emergência, e já estou pronta para ler o livro seguinte desta iniciativa.
Agora falando do livro: Adorei!
Inicialmente achei que tinha um ambiente muito parecido à Trilogia das Jóias Negras da Anne Bichop, mas com o desenrolar da acção nota-se que o desenvolvimento da história é muito diferente, tal como o próprio conceito das personagens.
Phèdre é muito mais do que uma simples rapariga treinada para as artes de alcova. O seu mentor, Delauny, ensinou-a a estar atenta a todo o tipo de pormenores, de forma a saber os maiores segredos de pessoas influentes na corte, como também o que elas “andam a tramar”.
O início é bastante confuso porque surgem muitos nomes e era-me difícil decorá-los e depois associá-los às personagens. Mas a história vai decorrendo, e vai agarrando cada vez mais o leitor.
Gostei imenso da escrita. Bastante descritiva, com partes mais “trabalhadas, que não é de todo uma escrita vulgar ou simples. É uma escrita que dá para o leitor ir saboreando as palavras, da mesma forma que vai penetrando na história de tal forma que é difícil largar o livro.
A parte final do livro foi a que gostei mais. Ocorre uma série de acontecimentos que muda completamente o curso da história, tendo a Phèdre de seguir um caminho completamente inesperado. A juntar a isso, surge uma personagem que se tornou uma das minhas preferidas, o Joscelin.
Posso dizer que o livro seguinte desta saga já está na minha lista de compras!
Previous
Next Post »

4 comentários

Write comentários
15 de janeiro de 2012 às 00:55 delete

Eu adoro esta série =p Ainda bem que a leitura conjunta proporcionou para leres este livro e que tenhas gostado!

Reply
avatar
Kel
AUTHOR
15 de janeiro de 2012 às 13:41 delete

Sim, e vi a leitura conjunta no teu blog! :) Tenho que te agradecer por isso :p

Reply
avatar
Filipa
AUTHOR
16 de janeiro de 2012 às 01:37 delete

Bem, enfim... Esta é uma das séries que nunca considerei ler, mas tenho tanta coisa para ler que tentei desviar-me destes livros.
Contudo tenho visto tantas (e boas) opiniões que o livro me tem feito uma certa comichão. :P
O senão é que não sou muito fã de fantasia...
Recomendarias a leitura ?

Reply
avatar
Kel
AUTHOR
16 de janeiro de 2012 às 12:12 delete

Se a fantasia não é a tua área mais confortável, acho que provavelmente é melhor começares com outro livro.
Gostei muito deste, mas acho que há romances de fantasia mais indicados para quem está agora a entrar neste mundo! :)
Que livros é que normalmente lês? Assim podíamos ver um que se adequasse mais para começares!
Beijinhos

Reply
avatar

Mensagens populares